domingo, 16 de agosto de 2009

Os ratos de minha casa.

Não tenho medo deles, de quem? Dos ratos, pense num bichinho asqueroso, esperto, dissimulado e atrevido. O que realmente acontece é que eles aparecem do nada, acham que são os donos da casa, fazem-nos ter nojo de suas ações e nós ainda temos que pagar por tudo isso, literalmente, é caro contratar pessoas especializadas em extermínio de animais desse tipo.

­- A primeira aparição:

Estava eu, deitado na cama da minha tia, assistindo televisão, se não me engano um seriado que gosto muito, 90210, em sua versão mais atual é claro, pois bem, ao meu lado, minha fiel escudeira Rianny fazia-me companhia, apesar de não entender nada do que se passava no seriado. Intrigado com os conflitos das personagens do seriado, estava muito atento à televisão, quando de repente, vejo a mão de Rianny estendida para o alto e olho, um rato. Seus movimentos ligeiros, suas pequenas pernas apressadas, e seu enorme equilíbrio faziam-no com que atravessasse o caibro do telhado de uma ponta à outra.

- A segunda aparição:

A cozinha era o alvo dos ratos, até então tudo bem, eles estavam lá em cima do telhado e ninguém fazia mal algum a ninguém, mas quando eu estava preparando minha janta e vi um mega rato andando no telhado como se nada estivesse acontecendo na cozinha, e como se eu nem realmente existisse (o que me fez acreditar que era uma ofensa) estava declarada guerra, porém era somente o começo, pois coisas terríveis aconteceriam posteriormente.

- Suicidas, escaladores, saltadores e posistas:

Desde sua segunda aparição, o rato, ou os ratos estavam somente circulando por entre as telhas e seus respectivos caibros, e até então permanecia a dúvida, será apenas um ou ele tem familiares? Pois começo a esclarecer-lhes essa dúvida com um trágico acontecimento. Para ambos os lados, a situação foi desconfortante, era noite, eu estava sozinho em casa e a Rianny havia saído, estava fazendo alguma coisa no meu laptop, provavelmente acessando o Orkut e teclando no MSN, quando a campainha ,à base de palmas, toca. Calcei-me rapidamente e fui em direção à porta, no meio do caminho, na sala escura, piso em algo mole, meio borrachudo, e penso rapidamente em algum pedaço de mangueira no meio da sala, mas ao chegar à porta comecei a perguntar-me o porquê de uma mangueira estar no meio de uma sala, voltei lentamente à sala enquanto a própria Rianny se encarregava de fechar a porta, ao acender a luz, vi "aquilo"....o rato havia suicidado-se, ele estava lá, mortinho da silva, com a língua pra fora e por incrível que pareça fedendo bastante (esse lance de Orkut e MSN vicia mesmo). Rianny e eu começamos a bolar hipóteses de como acontecera tal tragédia, lógico depois de eu ter lavado minha chinela. A primeira hipótese era minha, o rato provavelmente estaria velho, fraquinho demais para continuar nessa agitação de cidade grande, mas logo minha suposição foi derrubada de forma arrebentadora pela imaginação da Rianny, para ela o rato tinha se envolvido em uma grande fuga de um gato, e estaria todo rasgado, com ossos quebrados e por isso não resistira à situação, sem forças o rato cambaleou e caiu de uma altura de mais de 4 metros, sim isso mesmo, a casa é alta. Eu sinceramente, quando ela tocou na palavra fuga já havia desistido de minha hipótese. Mas o porquê mesmo de isso ter sido fundamental para sabermos se tínhamos mais hóspedes? Essa resposta veio dias depois quando eu estava de novo na cozinha.

- As outras 1000 aparições:

Pois bem, digo-vos que existiam mais, talvez uns 3 ou 4 a mais, com aparições cada vez mais incríveis, perseguições com uso de vassoura e um cão que só fazia latir (Bob), além de muito suspense. Bom, já chega de falar de tanto rato né? Esse clima pesado entre moradores e penetras não é muito agradável, tenha certeza, quantas vezes eu fui à cozinha com receio de abrir a boca do forno do fogão e deparar-me com “aquilo”, não vou mentir, não tenho medo, mas eles são muito nojentos e transmitem doenças, já ouviu falar na tal de lectospitorse? Sei nem se se escreve assim, mas o fato é que de uns dias para cá, graças ao Santo God, eles acabaram sumindo, aos poucos, assim como os nossos sustos. Susto sim, já imaginou você estar na cozinha sozinho e ouvir alguns barulhos estranhos, olhar para os lados, não ver ninguém e de repente ver um vulto preto/cinza/marrom (sim, havia toda essa variedade de pelagem) passar de um lado para o outro da cozinha? É de meter medo, enfim, como eu dissera, eles sumiram, as causas são desconhecidas, hipóteses são muitas, mas o alívio é maior ainda.






15 comentários:

  1. Adoorei Evandroo! Super criativa! Tbm já passei por uma guerra dessas, mas foi com uns tais de donas baratas! Elas realmente pareciam que me perseguiam, que naum gostavam de mim! Mas, como aconteceu com vc, elas subitamente desapareceram, para alivio meu!! Bjoo! Saudades, menino! ^^

    ResponderExcluir
  2. aheuiheuiheeuei.. eu sei muito bem sobre essas apariçõe. :O
    kkkkkkkkkkkkkkkkkkkk

    ResponderExcluir
  3. Este comentário foi removido por um administrador do blog.

    ResponderExcluir
  4. para a minha infelicidade eu já tive o desprazer de ver esses bichinhos da casa do Evadro.. e eraam enooormes! :~~
    Tá show, Evandro (Y) adorei :D

    aaah, é leptospirose oieoeieoeio =]

    beeijo :*

    ResponderExcluir
  5. eu nunca gostei de ratos.
    eles tem olhos vermelhos ;~~

    ResponderExcluir
  6. KKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKK, very good ! adoros histórias da vida t1

    ResponderExcluir
  7. oushe, era pra ter sadio meu nome ali /\e não esse conglomerado de letras :T

    ResponderExcluir
  8. kkkkkkk...valeu aew galera! espero que vcs continuem a frequentar o blog! beijo

    ResponderExcluir
  9. oaioaioaioaioa, adorei brother :D
    nunca vi ratos tão mutantes como esses,
    quando eu vi um , pensei que fosse uma cachorro de tão grande que era ;x
    realmente os ratos dái são FROID ! :D

    ResponderExcluir
  10. realmente os ratos dái são FROID ! :D [2]


    boooooooooooouuua, Eloá! kkkkkkkkk

    ResponderExcluir
  11. Evandro aqui tbm tinha,aí o pai comprou chumbinho e morreu tudim...compra tbm ;D shuahsuahsas ;D
    'Adoreei ;D
    bjss
    Maíra

    ResponderExcluir
  12. É a rotina da nossa vida corrida pode nos deixar loucos.. To passando por isso não sei como vivo nesses dias...

    =**

    ResponderExcluir
  13. Só vc mesmo meu filho, seria capaz de transformar um simples rato em uma celebridade.

    ResponderExcluir
  14. kkkkkk...até mamãe é minha leitora agora...hauhauah

    ResponderExcluir